terça-feira, 1 de julho de 2008

Reparo




Como sabem ou poderão saber, entrei muito recentemente nesta coisa dos blogues. Porque razão? Pelo motivo simples que achava, e cada vez acho mais, que os portugueses não gostam de ler e não gostam de ler porque acham que dá muito trabalho. Preferem a imagem, vêem, riem-se e acabou… Lá me convenceram...
Vem a propósito por duas coisas que hoje penso se passaram aqui: ignoraram, pura e simplesmente o post do arrebenta, diga-se, na minha opinião, das melhores análises e textos que li nos últimos tempos e, em segundo lugar, a indiferença com que trataram o meu post sobre o blogue, que foi censurado e encerrado pela censura em Portugal…
Vale a pena continuar num sítio onde, como lema, se defende a liberdade de opinião e nada se diz ou faz contra este caso, de prepotência tal, que até a merda do Público e da SIC noticiaram?
Volto a questionar… vale a pena escrever para quem não gosta de ler? Eu já me converti aos textos curtos, porque senão comentam como o último do P.Pedroso que confessam não ler por ser muito extenso…
Leiam, por favor, o post do Arrebenta e pensem no que vos digo sobre a censura em Portugal. Nem que seja para só ir lá deixar um abraço, coisa que hoje não vos deixo…
quink644



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

10 comentários:

Abominável Homem das Neves disse...

O texto do Arrebenta é, como sempre, toda uma visão que paira muito acima de nós e com uma qualidade ao nível do melhor a que nos habituou. É tão elevada a fasquia dos textos dele que até já nem comentamos. O que é pena porque esse texto está quase ao nível dos Himalaias onde habito.

Sobre a censura posso apenas dizer que já frequentei lugares de baixa altitude mas o meu metabolismo sentiu-se mal com tanto oxigénio. Nada se compara ao ar puro que se respira na estratosfera, longe de todas as poluições sonoras, atmosféricas, ambientais...

Mas não sais daqui sem um valente abraço. Não dás, mas levas.

e-ko disse...

também eu já me insurgi com a falta de comentários em certos postais um pouco mais merecedores de debate que as simples imagens mais ou menos divertidas ou chocantes... acabei mesmo, por deixar de postar no vicentinas, em certas alturas.

quanto a ler ou não ler textos pequenos ou grandes, devo dizer que em certas alturas também não tenho disposição para ler num blog textos com demasiados caracters, mais sei que para uma grande maioria é sistemático, e que afinal o que a maioria aqui procura é a gargalhada fácil, as tricas e coisas parecidas.

querer ter um objectivo pedagógico, e é muito delicado ter esse objectivo, terá que se passar por textos não muito longos e não ceder muito à imagem para rir sem prescindir do humor ou do sarcasmo.

gotika disse...

O que este blog tem a mais são scripts do inferno que fazem passar de página em página verdadeiramente penoso. E LENTO!!!
Nunca tenho tempo para voltar atrás e verificar se alguém respondeu ao meu comentário. O tempo é muito escasso. Imagino que muito mais gente faça o mesmo ou desista antes mesmo de comentar.
Já falei nisto muitas vezes.

Ao que interessa: também já aqui disse uma vez que a única maneira segura de blogar é de um cyber café e mesmo assim não sei porque são poucos. O Google pode não ter suspendido o blog devido a um despacho do tribunal de Púcaras de Cima mas simplesmente devido à política deles de não se meterem em grandes alhadas (basta uma denúncia e não arriscam, como já se viu neste mesmo blog). A única forma de sobrevivência é manter um low profile e/ou dizer as coisas nas entrelinhas.
Isto é do tempo da censura? Pois é, meu caro quink644. Ainda não tinha percebido? E olhe que isso é bem mias grave do que os comentários ou a falta deles. Às vezes leio os seus textos e pergunto-me de que mundo é que você é. Acho que quem anda assim tão distraído não tem grande moral para comentar as leituras dos outros.

E, sim, eu sou uma *sua* leitora atenta. Suficientemente atenta para fazer o reparo.

Fado Alexandrino disse...

Está enganado.
Muitas vezes não se comenta porque nada há a comentar.
Lê-se, está estupendo, aprende-se, ponto final.

labelle disse...

Todos os dias venho a este blog e raramente comento, muito embora leia a maior parte do que é postado. Peço desculpa a todos os participantes mas a maior parte das vezes estou sem tempo. Os textos do Paulo Pedroso são geralmente muito longos, mas isso não impede a sua leitura se o assunto for de interesse. Gostei muito da serié de artigos relacionadas o aumento da população e o fim dos recursos.
Li com atenção o seu artigo sobre o
povoaonline e, foi com alegria que tive conhecimento do surgimento em sua substituição do povoaoffline que penso passar a acompanhar. Como vê mesmo sem comentar estamos atentos!
Então e esse abraço é para quando?

Anarca disse...

Eu também quero fazer um "Reparo"...

Tal como diz a gotika, este blog tem um passar de página em página verdadeiramente LENTO!

Eventualmente, alguns comentadores adormecem antes da página de envio de comentários ficar disponível...

PS: Eu por exemplo estou a ler um livro enquanto estou no BM...

Textusa disse...

Caro,

Essa foi uma das razões que me levou a deixar de postar por estas bandas: assistir ao doloroso parto de um "filho" para, de seguida, vê-lo a ser empurrado para o esquecimento por uma qualquer punheta, nas suas versões video ou gráficas.

Atenção, o erro não é do blogue. É meu. Recusei-me, na altura, a aceitar o pluralismo de que qualquer sociedade é composta. Fugi. Fui cobarde.

Sobre os comentários, subscrevo a opinião do Fado. Canção, que por sinal, na sua versão estudantil, se aplaude pelo clarear de gargantas, ao invés de um ruidoso e bacoco aplauso.

Abraços, fique com os seus que eu fico com os meus.

e-ko disse...

em relação ao peso da página, conhecendo problema, a um dado momento, tendo acesso à administração modifiquei a abertura das caixas de comentários para as janelas pup-up o que evita mudar de página... mantendo a página principal carregada uma única vez e poder abrir as diferentes caixas de comentários com muito mais facilidade.

se o fiz não foi por capricho. foi apenas para facilitar a leitura do blog a todos. depois a coisa voltou ao mesmo, porque alguém deve ter pensado nem sei o quê...

talvez que o Arrebenta devesse voltar a pôr o sistema das janelas pop-up. é uma sugestão!

gotika disse...

Ou então fazer nos comentários, com o botão direito do rato "open page in other window". Mas admito que muita gente não o saberá fazer.
Isso não diminui a lentidão das páginas, porém.

gotika disse...

O texto correcto é "Open Link in New Window".