sábado, 14 de junho de 2008

Que belo par!


Graças a João Gonçalves fiquei a saber que a Casa Fernando Pessoa e a Câmara Municipal de Lisboa vão organizar um evento onde haverá música hip-hop para dar uma nova roupagem a Fernando Pessoa e graffiti para evocar a obra do mesmo.
Participam Melo D, Maze e Fuse dos Dealema, Raptor, Rocky Marsiano, Rodrigo Amado, Sagas, Dj Ride, T-One, D_Fine e Viriato Ventura (pai de Sam The Kid) e as pinturas rupestres serão efectuadas por Nomen, um dos mais reputados writers nacionais.
Os amendoins são gratuitos.

Ora João Gonçalves ficou ofendido.
Não tem razão.
À frente daqueles dois organismos estão dois vultos muito conhecidos.
De um lado o monhé que governa a cidade e que vive em Sintra.
Do outro a maior escritora portuguesa no género crónica feminina, aliás é assim mesmo que se chama a coluna onde todas as semanas estraga uma árvore no Expresso.
Ainda outro dia insultou António Lobo Antunes.

Portanto, de onde vem nada havia a esperar.
Merecemo-los.

7 comentários:

Xelb disse...

Vocês querem mesmo que o homem se vire na tumba...

Jeremias disse...

Então o Estado apoia e promove a "cultura" Hip-Hop... Uma "cultura" de grafitis, gangs, tráfico de drogas, car jacking, etc...
Enfim...

e-ko disse...

de boas intenções está o inferno cheio!

pode defender-se o ponto de vista de tornar acessível uma cultura elitista e tentar recrutar outros públicos... mas noutros lugares... e em Lisboa não faltam.

Fado Alexandrino disse...

Muito obrigado.
A escritora queixava-se da falta de dinheiro para o papel higiénico e realmente bem precisava dele para limpar as mãos.
Não haverá quem meta esta gente na ordem?

e-ko disse...

até pode ser que tenham arranjado subsídios da comunidade europeia num provável quadro de integração de jovens de comunidades desfavorecidadas... o que explicaria que não tendo dinheiro para o papel h passassem a ter financiamentos... é só uma suposição que até plausível, por conhecer um pouco a coisa.

Alma Elétrica disse...

Monhé é o teu buraco do cu, fadinho que tambem foi muito pintado com pau de catinga naqueles teus bons velhos tempos em áfrica tua..

Agora vendes a imagem de hetero mas a gente sabe bem o que a casa gasta....
LOL

Fado Alexandrino disse...

Alma Elétrica disse...

Só você para neste dias cinzentos me fazer rir.
Tire daqui a ideia.
Tente o Claúdio Ramos.