quinta-feira, 26 de junho de 2008

A Liberdade pratica-se, não se proclama!

Prontos, a modos que estamos assim, porque sim e porque este lugar, como se proclama bem alto, é um sítio de liberdade de expressão.

Eu já tinha dito que não recorria ao uso da proclamação, não porque não concordasse com a mesma e muito menos como forma de criticar quem a usava, mas sim porque considero ser meu dever de cidadão não perder o meu tempo a proclamar a liberdade e sim a praticá-la.

Parece que as coisas sempre andaram mais ou menos serenas enquanto os meus colegas de Esquerda puderam dizer tudo o que lhes apetecesse, sobre o que quer que lhes apetecesse e, principalmente, sobre quem quer que lhes apetecesse. A modos que este é um sítio de liberdade onde a E-ko podia falar livremente, bem ou mal, de tudo e todos, segundo as suas conveniências, interesses ou motivações mas, aqui o Paulo Pedroso devia manter-se em low profile, isto é, podia publicar umas brincadeiritas, uns vídeos do Youtube, umas musiquitas, desde que não incomodasse com a sua liberdade de opinião.

Portanto, aqui chegados, importa destacar a atitude de quem considera este um espaço de liberdade, desde que seja a liberdade de uma determinada área política. Se o Paulo Pedroso abrir a boca para tecer um elogio a Portas, isso é considerado inadmissível e intolerável. E se o Paulo Pedroso perder algum do seu tempo a mostrar que os defeitos dos EUA são, em grande medida, os defeitos da Europa, e que as qualidades da Europa são, em grande medida, as qualidades dos EUA, isso é considerado igualmente inadmissível e intolerável.

Portanto, a E-ko podia falar do que lhe apetecesse, de quem lhe apetecesse e como lhe apetecesse, que estava a exercer o seu "direito de expressão próprio das sociedades avançadas". Quando o Paulo Pedroso decidiu exercer os mesmos direitos, sua magestade E-kophónica entrou em delírio e, num arroubou de democracia, decidiu desconsiderar a pessoa em vez de discutir argumentos. Foi pena que ela não tivesse tido o cuidado de seguir caminhos minimamente objectivos. Posso não concordar com muitas ideias de Esquerda, que aliás são defendidas por uma boa parte dos autores e comentadores do BM, mas, enquanto o debate se mantiver nesse domínio, serei eu próprio a respeitar a diferença.

Intolerável, isso sim, é a afirmação de que este é um espaço de liberdade e depois temos de aturar quem ache que tem mais prerrogativas que outros. É certo que a polémica entre mim e a E-ko atingiu proporções desproporcionadas e desgastantes. Não julguem que adorei este confronto. Mas não estou aqui para que a E-ko possa abrir a boca para me criticar e eu não lhe possa responder. Isso queria ela. Mas teve o azar de apanhar pela frente alguém que não partilha o seu conceito de democracia. Apesar de todo o fragor da contenda, jamais desejei o abandono da E-ko do BM. Antes pelo contrário. Por mim, ela está cá muito bem. Desde que fique bem ciente que jamais exigirei para mim mais direitos do que os dela mas, jamais abdicarei da minha liberdade e dos meus direitos.

No início de Junho, a E-ko saiu do BM. Devo ter sido dos primeiros, e dos poucos, que notou esse abandono. No mesmo dia em que ela saiu, enviei-lhe um email declarando-lhe a minha tristeza por tal facto. Disse-lhe que o BM é um espaço de liberdade, onde todos têm lugar. Por mim, ela devia regressar. Esse email, ficou sem resposta, tal é a natureza humana do que ali está. Enfim, a dita cuja regressou mas voltou com os mesmos tiques. Continuou a achar que tinha mais prerrogativas que eu, que podia falar mal de Portas e bem da Odete Santos, mas já era intolerável se eu fizesse o contrário.

Sim, sou apoiante de Paulo Portas. Mas qualquer colaborador, comentador ou leitor do BM (nas suas diferentes versões) tem a noção de que a minha presença aqui não foi dedicada a fazer a apologia de Portas ou o proselitismo do CDS. Devo ter publicado mais de mil posts no BM e, provavelmente, nem 1% deles foram dedicados ao CDS ou a Portas. Além do mais, algumas dessas publicações foram de carácter humorístico e outras foram de natureza crítica em relação ao CDS. Acusar-me de usar o espaço do BM para fazer proselitismo do CDS é uma acusação falsa, desajustada e desproporcionada. Em todo o caso, se o fizesse, presumo que não estaria a ultrapassar as barreira da liberdade que aqui são proclamadas. Muitos outros colegas criticaram e apoiaram políticos e Partidos, à Esquerda e à Direita, incluindo a E-Ko. Uma vez mais, limitei-me a orientar-me por parâmetros de absoluta liberdade e igualdade de critérios. Nunca pedi, para mim, nada que não concedesse aos outros. O espaço do BM foi usado para fazer a apologia política de formas muito dibersificadas. A maior parte das vezes, de forma dissimulada ou velada. Outras, de forma bem explícita. Nunca se ouviu uma palavra de desconforto, por parte da E-ko, pelo facto dessas apologias políticas aqui serem apresentadas. Só achou que era inaceitável a muy escassa apologia que eu possa ter feito do CDS ou de Portas. Uma vez mais, atitude que só reforça o merecido epíteto de hipócrita. Ao contrário do que ela diz, eu não odeio a Esquerda e muito menos os Esquerdistas. Já disse e repito que considero o ódio um sentimento primário que sou incapaz de nutir por outras pessoas. Posso discordar, posso detestar, posso confrontar, mas dificilmente poderei odiar. Sentimentos primários é coisa que, felizmente, não tenho. Discordo profundamente de muitas ideias de Esquerda... e concordo com algumas. Posso concordar com muitas ideias de Portas... mas também discordo de algumas. É por isso que muitos já me viram defender teses de Direita e de Esquerda e já me viram atacar teses de Direita e de Esquerda. O meu território político encontra-se apenas dentro das fronteiras da Democracia. Aos extremos, sejam eles de Direita ou de Esquerda, reservo-me o direito do ataque frontal às suas ideias, aos seus objectivos e aos seus programas políticos. Não os odeio. Tenho muitos Esquerdistas na minha família e a pessoa que mais amei na minha vida era comunista. Por isso, ao contrário do que certas mentes primárias pensam, não nutro sentimentos de ódio por ninguém.

Jamais assumirei qualquer responsabilidade pelo facto de lutar pelos meus direitos e pela minha liberdade, num sítio como este onde se proclama isso mesmo. Das duas uma, ou este é um espaço de liberdade para todos, e eu fico com todo o orgulho, ou é um lugar destinado a hipócritas como a E-ko que acham que a liberdade é só para alguns... e, se for esse o caso, saberei qual o caminho a tomar.

Sei que sou polemista e que defendo com entusiasmo as minhas ideias. Detesto profundamente quem não consegue exercer a sua liberdade no confronto de ideias e de argumentos e se refugia no ataque pessoal. Se a E-ko ouviu de mim o que não gostou, só o ouviu porque eu tomei para mim exactamente a mesma liberdade que ela tomou para ela.

Está na altura do BM decidir se é um espaço de liberdade para todos ou um espaço de liberdade só para alguns. Eu saberei se estou a mais ou não. Afinal de contas, nas sociedades avançadas, a liberdade pratica-se!

22 comentários:

A Besta disse...

Vê lá se deixas a rapariga em paz Paulinha.
Até pareces uma gorda histérica de ideias fixas.
Deves andar é com falta de pau.

Anarca disse...

Eu digo o mesmo que o outro:

"Posso não concordar com o que diz o Paulo Pedroso, mas defendo o direito de ele dizer o que quizer"

Tenho acompanhado desde sempre a atribulada vida dos Braganza Mothers...

Todas as manhãs, a minha "viagem" pela net começa por aqui...

Portanto, não tenham ilusões, pois conheço-vos muito bem a todos...

e-ko disse...

aparentemente, a sua liberdade é que é prevalecente porque se permite fazer espalhafatos blogosféricos, sobre as suas verdades e percepções da sua realidade, denegrindo e velipendiando com mentiras alguém que só tentou confrontá-lo com as suas fanáticas posições.

desde o início as suas atitudes arrogantes para desvalorizar as opiniões de outros, e eu em particular, quando introduzem o contraditório sobre as suas crenças em vários domínios e sobre as teses do aquecimento global... sim sobraceria e arrogância, caro ex-colega, os seus ahahahahah, eheheheh, e "como vocês são ignorantes", vá ver como começaram as polémicas, é o espalhafatoso, pouco democrático do Paulo Pedroso que começou com essas atitudes e só teve em resposta o que mereceu.

atitudes fascistas e terroristas é o nome disto tudo!

e não venha com a sua obssessão anti-esquerda e a Odete Santos ou Cunhal para aqui, não sou nem nunca fui comunista nem socialista e não voto nos nossos políticos porque sei que não há um só em que tenha confiança, apenas os respeito, como me merece respeito qualquer dos meus concidadãos enquanto não não se verificar que é um canalha ou um cretino-

a sua atitude em destacar ataques pessoais em textos e títulos de postes, o que apenas deveria ser debatido em comentários, é uma agressão, mas isso não lhe interessa, os meios justificam os fins: semear o terror para neutralizar quem tem o atrevimento de lhe dizer que há outras formas de pensar e agir... e depois vem armar-se em vítima desrespeitada que muito preza a democracia... depois sou eu a hipócrita... tentei tudo até o humor, e quem quiser dar-se ao trabalho, como eu fiz ontem, para ver quem lançou as hostilidades, vai ver que o Paulo não está a ser objectivo e que nem reconhece que exagera... e só ripostei quando me tratou de ignorante, mas isso não vê, claro que detem a verdade toda a verdade e clarividência! continue que continua bem com a sua arrogância!!!!

tudo isto é inadmissível!!!
fique com o espaço do blogue e com as suas verdades e presunção e não diga que sou eu que não sou democrata. olhe-se!

Paulo Pedroso disse...

Querida besta,

A rapariga, que eu saiba, foi quem começou por levar a conversa para desconsideração pessoal.

E, que eu saiba, foi a rapariga que não me largou a perna:
- não vejo porque razão ela pode acusar-me de processos de intenções e eu não lhe devo poder responder;
- não vejo porque é que ela pode chamar-me megalómano, delirante e fundamentalista e eu não lhe posso responder;
- não vejo porque é que ela pode dizer que é inaceitável eu defender Portas ou os EUA e eu não lhe posso responder;
- não vejo porque é que ela fica calada com dezenas de posts com imagens de doentes em sofrimento e depois aparece armada em humanitarista quando eu publico imagens de um doente;
- não vejo porque é que ela pode abrir a boca e eu não lhe posso responder.

Afinal, se este é um lugar de liberdade, não o é, de certeza, apenas para alguns.

Muito obrigado pelo seu comentário bestial, digno de uma verdadeira besta. Entre nós os três, de certeza absoluta que não sou eu que ando com falta de pau.

Paulo Pedroso disse...

Não, E-ko, quem está a precisar de se enxergar é a menina.

- Já lhe disse que, se quiser, e tiver coragem, apresente a citação das primeiras desconsiderações que eu lhe dirigi; como bem sabe, eu não terei nenhum problema em mostrar factos concretos, demonstrando que foi a E-ko quem começou por me desconsiderar, nomeadamente ao imputar-me processos de intenções, ao acusar-me de fundamentalismo, de delírios megalómanos e sabe-se lá o quê mais; recorda-se? ou a sua memória é selectiva?;

- quem começou por denegrir e vilipendiar foi a menina e não eu; não minta, portanto, e não me acuse de começar algo que foi iniciado por si;

- espalhafato fez a menina uma série de vezes, sobre uma série de assuntos; o que a menina queria, dentro do seu elevado conceito de democracia, era poder fazer o seu espalhafato e que o Paulo Pedroso ficasse calado; o seu azar foi o de apanhar alguém pela frente que não partilha o seu conceito de democracia; já se esqueceu dos espalhafatos que fez a propósito dos meus posts sobre as ameaças globais, sobre as escassas publicações em torno do CDS (que até eram intoleráveis) e sobre as imagens do Huang? Foi apanhada numa série de hipocrisias evidentes e foi a sua incapacidade para responder com factos concretos ou argumentos lógicos que a levaram a essa escalada de confrontos;

- não sabia que "hehehe" e "hahaha" eram sinais de arrogância ou de sobranceria; só da sua cabecinha poderia sair essa atoarda; aliás, a menina, nunca se riu no BM; uma vez mais, a menina acha que pode fazer "ahahaha" ao que lhe apetece mas os outros já não podem, não é?; É o seu sentido democrático a vir novamente ao de cima, como quando achou que era inaceitável eu defender Portas, segundo os seus elevados critérios de liberdade de expressão;

- Não sei a que se refere quando fala das minhas atitudes arrogantes; talvez esteja a pensar nas suas intervenções, quando classifica os seus inimigos como filhos da puta, corja, trastes, etc.; aqui tem outro sinal de arrogância: hehehe!;

- Querida, ao preciso de ir ver como começaram as polémicas; já disse que podes ir à procura da primeira vez que eu te faltei ao respeito que podes crer que eu apresentarei os exemplos das tuas anteriores desconsiderações; se tiveres coragem, faz isso; se não o fizeres, todos ficarão a saber que estás a mentir e que só procuras refugiar-te em acusações espúrias para te enganares a ti e a quem não conheça o histórico do BM;

- Eu nunca disse que era intolerável a menina dar o seu apoio a Odete Santos; ao contrário de si, eu prezo a democracia e a liberdade de expressão; o que eu critiquei em si foi a sua pesporrência de achar que pode usar o BM para aplaudir políticos de Esquerda e depois dizer que é intolerável eu dar o meu apoio a políticos de Direita; a menina sabe o que significa liberdade de expressão e democracia?;

- foi a menina, e não eu, que usou uma rematada hipocrisia ao criticar-me por ter feito aquilo que já tinha sido repetidamente feito no BM, sem que a sua epiderme se tivesse sentido incomodada;

- se alguém semeou o terror e a perseguição foi a menina; eu limitei-me a responder-lhe, dentro dos meus direitos de liberdade de expressão; ou a menina queria ter o direito de me criticar mas já não queria o direito ao contraditório? Que grande democrata que você me saiu?;

- Tentou o humor? Querida, também eu e antes de si! Recorda-se do post com os excertos do Asterix? E não foram os únicos;

- Só ripostou quando a tratei por ignorante? Engraçado, e eu que pensava que tinha sido a E-ko a primeira a acusar-me de fundamentalismos, de delírios, de megalomanias que me andavam a subir ao capacete; e eu que pensava que tinha sido a E-ko a dizer para eu divulgar as minhas brilhantes conclusões e os meus brilhantes trabalhos académicos, logo precisamente quando estávamos na presença de um texto retirado de uma publicação do PNUD e um outro com excertos de um eminente académico na área dos recursos energéticos; Olha, querida, se só me respondeste quando eu te tratei de "ignorante" vai buscar essa citação e indica o dia e hora; faz isso, querida; ou tens medo?;

- Eu não tenho a presunção de ser dono da verdade; mas não abdico do meu direito de defender os meus pontos de vistas; toda a gente sabe que foi a E-ko que, por não concordar com as minhas posições, entrou pela desconsideração pessoal; por isso não diga que eu sou o dono da verdade; não fui eu que disse que era inaceitável a menina abrir a boca sobre este ou aquele assunto; foi a menina que disse que era inaceitável a minha liberdade de expressão; recorda-se?; Quem é que julga ser o dono da verdade? Eu ou a E-ko?;

- É claro que tudo é inadmissível; admissível é a menina começar por me insultar, poder abrir a boca para dizer o que lhe apetece, elogiar quem lhe apetece e criticar quem lhe apetece, comentar os meus posts considerando-os megalómanos, delirantes e fundamentalistas; inadmissível, claro, é eu ter a veleidade de lhe responder à letra e dar uso a uma coisa chamada liberdade de expressão.

E é a menina que se julga uma democrata?

coisinha fofa disse...

LOL
e o imbecil continua a aparecer travestido de "Anarca"!

Desde quando há alguém a defender e apoiar as imbecilidades do Paulo Pedroso?
O "Anarca" , para que todos saibam, foi um comentador do expresso online, que há muito saiu de cena e agora vem este imbecil usurpar-lhe o nick. Foi criado À pressa este mês para que o Paulo Pedroso lui-même nos faça acreditar que não está só nestas polémicas.
Como ele é aqui, e foi no expresso online, o alvo da chacota geral, precisa de um ombro amigo para se sentir consoladinho, nem que seja ele próprio a forjar esse ombro amigo.
O pessoal cagou e andou, o expresso online passou à história, só tu ainda vives esse passado onde rejubilavas com o maltrato que levavas e a risota que despoletavas.

Ò idiota, sabes o que é que devias fazer? compra uns pingos de lucidez e discernimento e toma-os 5 vezes ao dia antes de cada enrabadela que levas.
Muda esse nick de pedófilo para, por exemplo (isto são apenas sugestões) "O furúnculo centrista" , "Catherine Deneuve II" , "Besta imunda", ou, como tens a obsessão das siglas PP escolhe o "Penetra-me Profundamente"...
sei lá, tens tanto por onde escolher...

Não embaraces nem humilhes mais o teu padrinho aqui do BM.
Estás a descredibilizar (ainda mais) este brejo.

E tem cuidado com os hackers que sabem mais do que tu pensas

anarca disse...

O Paulo Pedroso tem razão.
Posso não concordar com ele nas suas opiniões políticas mas ele tem razão em defender o seu direito a ser como é, assim uma coisa a modos que mais ou menos assim assim e tal.
Cada um é como é e se o emplastro e o homem-elefante do rossio têm direito à sua vida social porque é que se nega esse direito ao Paulo Pedroso?

Madame Mao disse...

O Paulo Pedloso e o Analca são a mesma pessoa.
Mim sabel tudo. È tliste mas é veldade.
Há pessoas que não têm medo do lídiculo.

Anarca disse...

O post anterior não é meu...

Livra que este coisinha fofa é mesmo palerma...

Diz ele que "os hackers que sabem mais do que tu pensas"...

Ó meu saloio, se fosses hacker não dizias os disparates que estás a dizer...

Já me estou cagando para o que dizes ou pensas, mas se tivesses um palmo, desculpa, um dedo de testa, bastava veres que o meu e-mail é o mesmo que tinha no Expresso Online...

Olha, para tua informação, eu tive grandes pegas com o Paulo Pedroso lá no Expresso, mas uma coisa que abona a favor dele, é que nunca foi porcalhão como tu...

E mais, ao contrário de ti e de alguns infelizes que andam por aqui, sempre me identifico...

E sabes porquê?...

Porque infelizmente este mundo virtual é um coio de cobardes como tu, que dizem o que seriam incapazes de dizer cara a cara...

E sabes mais uma vez porquê?...

Porque aqui não levam duas chapadas na tromba como levavam no "Mundo real"...

Não penses que estou zangado contigo, porque merda como tu estou eu farto de encontrar, e até me farto de rir com o bailarico que lhes dou...

Beijinhos para ti, e para a tua estimada família...

PS: Para te provar que não estou mesmo zangado contigo, até te vou dar uma prova disso mesmo...

Tenho uma fezada que sonhas em fazer Menage a trois...

Olha, vai a correr para casa que pode ser que ainda chegues a tempo...

coisinha fofa disse...

Paulo Pedroso, travestido de anarca e no seu "estilo" inconfundível de peixeiro-polémico-chunga, ataca de novo.

Aviso aos incautos:

Fujam destas bichonas das barracas. São piores que víboras!

Madame Mao disse...

Bichona das barracas!

LOL

Arrebenta disse...

Querido, tu e a controleira estão a transformar o meu blog numa lota de peixe podre.
A minha credibilidade soçobra.

Anarca disse...

Ó coisinha fofa já te entendi...

As coisas que dizes, tal como "enrabadela que levas", "Penetra-me Profundamente" "bichonas das barracas", etc, são na realidade mensagens subliminares de uma homosexualidade reprimida...

Desculpa lá, mas não contes comigo...

Já não te mando mais beijinhos porque não és de confiança...

coisinha fofa disse...

Olha, olha,
o paulo pedroso foi às "compras" e deixou o anarca a tomar-lhe conta do PC.
Quando voltar daqui a pouco das suas "compras" vai o "anarca" dar um passeio até ao centro comercial para ver uns chichis.

Anarca disse...

Já estás a dizer uma piadas mais engraçadas, mas continuas a dar umas bocas badalhocas...

Não desistas, que Jesus ama-te...

coisinha fofa disse...

Jesus também te ama, mas quem te fode sou eu!

Anarca disse...

Estás a ver que percebeste muito bem...

Na realidade, Jesus ama-te, mas ninguém te fode...

E como já te disse, não contes comigo...

Para maçaricos como tu, nem é preciso minhoca, basta o anzol...

coisinha fofa disse...

Olha que o outro está quase a vir das compras.
Apaga o histório do Internet explorer e vai ver uns chichis no shopping.
Os chichis das 19h são os melhores. Os casados e pais de três filhos estão a fazer horas extra no "emprego" e vão chegar mais tarde a casa. Aproveita.


Já te estás a babar todo, seu porcalhão!

Anarca disse...

Eu não dizia?...

Nunca me enganaste...

É mesmo um expert na matéria:

"Os chichis das 19h são os melhores. Os casados e pais de três filhos estão a fazer horas extra no "emprego" e vão chegar mais tarde a casa. Aproveita."

Como dizia o zarolho, "É o saber de experiência feito"

Paulo Pedroso disse...

Não querida, coisinha fofa!

Hoje de tarde estive a tratar de assuntos relacionados com um concurso musical. Sabes, querida, tenho mais coisas com que me preocupar do que com as tuas paranóias e com as tuas intrigas.

Anónimo disse...

Alguém daqui sabe quem é que pagou o aquário gigante que o Pedro Namora tem em casa?...

Sofia Bochmann disse...

Ou foi o Daniel Taborda ou o Ferreira Diniz