sábado, 28 de junho de 2008

terroristas! em directo dos states....


O Senado americano adoptou uma lei com o objectivo de retirar o antigo presidente sul africano Nelson Mandela e o seu partido, da lista negra americana do terrorismo, anunciaram na sexta-feira os parlementares. Desde a legislação introduzida nos anos 80, sob a presidência de Ronald Reagan, os membros de l'ANC podiam ir à sede das Nações Unidas em Nova Iorque, mas não a Washington ou ao resto dos Estados Unidos.
Sorte a dele de não haver na altura uma prisão fora-da-lei em Guantánamo!!!

17 comentários:

Paulo Pedroso disse...

Aliás, como sabemos muito bem, Guantánamo é a única prisão ilegal.

Ali mesmo ao lado de Guantánamo, todas as prisões são legais.

Anarca disse...

Caro Paulo Pedroso,

Pode ter muita razão, mas como se costuma dizer, "o exemplo vem de cima"...

Para quem quer dar lições de Democracia ao Mundo, exige-se um comportamento de acordo...

Paulo Pedroso disse...

Que eu saiba, caro Anarca, a única prisão onde os EUA poderão não estar a cumprir a lei é esta.

Ao contrário de outros países, onde são todas ou quase todas. Esses países, como se sabe, também costumam ser tidos por "farolins" progressisas, para algumas pessoas.

Além do mais, parece que o Estado de Direito vigora nos EUA e o Supremo já recolocou a legalidade no sítio.

Entretanto, estamos a falar de umas centenas de prisineiros que, como sabemos, são uns cordeirinhos. Os senhores que estão em Guantánamo seriam os primeiros a mandar às urtigas todos os nossos princípios legais se fossem eles que ocupassem o poder ou se pudessem simplesmente voar a caminho das 70 virgens.

Lola Chupa y Mete disse...

Para mim bastam-me as 11 Virgens Badalhokas da Selecção Nacional. Tornava-me num cinto-bomba para o resto da vida, e ia ser mansa, submissa e sempre disponível.

P.S. - A Sofia Bochmann podia ficar a ver

Lola Chupa y Mete disse...

A Paixão de Mourinho por Quaresma (há uma amigo da "Laura" que diz que ele a tem grande...) só é comparável à minha paixão por Quaresma. Estava capaz de lhe propor uma transferência: eu fazia de relvado e de baliza e ele descarregava toda a sua ordinarice sobre mim, para sempre, quer dizer... até aparecer um melhor

Paulo Pedroso disse...

Agora fiquei a desconfiar que a Laura é uma velha amiga do Mondego...

Lola Chupa disse...

Se conheces a "Laura", também não te falta nada no currículo...
A "Laura" esteve para ser viúva do Rei de Itália

Paulo Pedroso disse...

Eu não sei se conheço a Laura.

Mas sei que conheço a Sheila do Mondego, que tinha um amigo que falava muito bem do Mourinho.

:-))

Laura "Bouche" disse...

Realmente o mundo é curto, e há certas boas novas que correm depressa. Não é por acaso que é tudo pago a peso de ouro. Para os leigos, é um negócios de pés, para os estúpidos, de brio nacional, para o entendidos, percebe-se logo a coisa pelo contorno. O mal dos futebolistas é que com aquelas porcarias que têm de tomar são muito maus em irem à "baliza". O Ronaldo bem sabe o que isso custa, "but... who cares".
O Mourinho consta que cospe para o lado, quando acaba...

Paulo Pedroso disse...

Eu só ouvi... mais nada!

Nem sequer pedi para me ser dito.

E não tenho nada a ver com os amigos dos amigos das minhas amigas...

:-))

Madame Mao disse...

Estão a ver que, quando querem, conseguem manter uma caixa de comentários com nível, daquelas de deixar a plateia completamente aterrorizada, sem saber por que ponta pegar?...
Tianaman rules (se o meu marido fosse vivo, agarrava em todos vocês e enfiava-os na tortura da gota de água. O Mandela bem deve ter sofrido com isso, coitado, vamos ver quanto tempo dura o seu "I have a dream" Sul-Africano)

Arrebenta disse...

Paulinho, os States não cumprem regras em prisões nenhumas. A própria idea de "prisão" é uma coisa que, no altíssimo que é a Natureza Humana, não deveria ter sentido. Infelizmente. movemo-nos no nível das Besta Humana, especialidade em que se converteram os Americanos, a primeira Revolução Iluminista, e o Primeiro Passo para as Novas Trevas, passados 200 e tal anos.
Deve ser maravilhosa a sensação do condenado do Corredor da Morte, quando sabe que é preto, está inocente, e a agulha da injecção letal se aproxima dele. Bush adorava assinar essas sentenças, enquanto Governador do Texas. Agora, não sei se mudou de ramo, mas tenho a ideia de que, por mais esforços que façamos, nunca mudamos de ramo... Por mim falo: ainda ontem à noite me telefonaram, em pânico, a dizer que ia haver tiroteio num sítio que não posso dizer aqui, e a minha primeira reacção foi logo de perguntar se o homem era bom... É por sinais como este que eu bem sei que precisava de internamento... Custa tanto viver, não é?...

Paulo Pedroso disse...

Ah, que alívio, esta é a verdadeira Madame Mao.

Ontem de tarde até me ia passando e só depois vi que até a Madame Mao já tem "duplo".

Um dia destes só se pode ter uma conversa inteligível depois de consultar todos os perfis.

:-))

Paulo Pedroso disse...

Caro Arrebenta,

Como bem sabemos, no resto do Mundo, a começar pela civilizada Europa, não há condenados inocentes. Só nos EUA.

Aliás, na Europa, nunca se condenou ninguém à morte, estando-se inocente, fosse-se preto, branco, cigano, judeu ou outra coisa qualquer.

Além do mais, os presos de Guantánamo só desejam um mundo livre, cheio de direitos e de igualdades e, se pudessem, até não estouravam com este nosso mundo.

Se a ideia de "prisão" não tem sentido, então não o tem nos EUA, na Europa, em África ou na China. Por isso, a haver preocupação com a ideia de "prisão", essa preocupação tem de ser alargada...

Como bem sabemos, a Europa já é civilizada há muito tempo. Foi exactamente por sermos tão civilizados, que nós, europeus, desencadeámos duas Guerras Mundiais, inventámos atrocidades que os EUA nunca cometeram, inventámos as duas piores ideologias que já pisaram a Terra, ambas responsáveis pela morte de dezenas de milhões de pessoas, muitas delas em "prisões", inventámos impérios onde usámos e abusámos dos nativos, e ainda há menos de duas décadas tínhamos a civilizada Europa carregada de Regimes Totalitários.

Portanto, "movemo-nos no nível das Besta Humana, especialidade em que se converteram os Americanos, a primeira Revolução Iluminista, e o Primeiro Passo para as Novas Trevas, passados 200 e tal anos."

Desculpa citar as tuas palavras mas parece-me que elas se aplicam melhor a outras realidades Históricas. Se a besta humana e as Novas Trevas tiverem de ser apontadas a alguém, não sei se a medalha de Ouro deve se entregue aos EUA.

Sofia Bochmann disse...

Não percebi nada...

Visconde de Valmont disse...

Oh... Os Estados Unidos... O país da Liberdade onde quase tudo é proibido. O país da moral que elevou a pornografia à categoria de indústria.
Pfff... Estados Unidos...
Só se "salva" Nova Iorque...

Amélia Gay Cu Lasso disse...

... e de Nova Iorque, só Central Park... by night :-)