sexta-feira, 18 de julho de 2008

THE BRAGANZA MOTHERS



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



A PARTIR DE HOJE ESTAMOS AQUI



Carta de Capri: Os Romanov

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas
(Nota: este texto chegou através de um telégrafo de´"époque", especialmente utilizado pelo Czar Nicolau II, para saber as novas da Frente, na terrível I Guerra Mundial, e é da autoria de Arrebenta, no seu exílio de Capreia. Será a sua última contribuição neste espaço)
Dedicado a uma família do Séc. XX, os Romanov, abatidos à queima-roupa, após um prolongado sequestro, no longínquo ano de 1918
Há certos aniversários que me desagradam. Gosto de jantares de convívio, de pessoas que se reencontram, para trocarem umas quantas mentiras e umas quantas verdades, entre elas, e, acima de tudo, para celebrarem estar vivas. Este é um aniversário de gente que já está morta. De gente que foi morta, portanto, é a dura celebração de uma data aziaga, e faço-a a contragosto, tão-só por que tem mesmo de ser feita.
A história é facilmente resumível: havia um senhor, Judeu, chamado Lenine, que, comodamente sentado na Suíça, resolveu experimentar, numa terra que tinha um pé no Séc. XX e o outro na Idade Média, pôr em prática uma série de ideias de um tipo que batia na mulher, e vivia à custa dela, chamado Karl Marx, e que nem era estúpido no que dizia, mas, como muitas coisas na História da Humanidade, mais valera que nunca tivesse nascido. Quando perguntaram a Lenine por que não tinha aplicado na Suíça o seu projecto, consta que deu a cínica resposta de "para quê estragar um país tão bonito?..." O que ele fez acabou, mais coisa menos coisa, por estragar a Europa inteira, e duas vezes num mesmo século, a um tal ponto de nihilismo, que, não fosse e a velha Albion e a tão detestada América, talvez não pudéssemos estar a escrever uma única linha do que por aqui fazemos.
A Revolução Francesa, um jogo entre invejosos, sonhadores e maçónicos, acabou por culminar num julgamento "à la mode", onde resolveram atirar para a guilhotina, uma coisa bastante arcaica, perante os métodos de Guantanamo e os prazeres turcos, iranianos e chineses, e, mercê de um julgamento em forma de farsa, um Rei que era um pacato Burguês e uma mulher que só errou no século em que nasceu: fosse hoje viva, e seria a alegria de todas as capas das revistas cor-de-rosa, e teria ganho fortunas, em vez de ter dilapidado as fracas reservas do Tesouro Francês.
O que sucede em 1918 é infinitamente mais sinistro: é um acto premeditado, da Idade Contemporânea, do tempo da Luz Eléctrica, dos Carros, dos Telégrafos, do Cinema, e exercido, sem julgamento, sobre uma famíla inteira, chamada Romanov. Consta que perdeu o Povo, quando, no célebre episódio de São Petersburgo, mandou, por medo, disparar contra a multidão. O mesmo fez uma figura infinitamente mais medíocre, entre nós, quando se assustou com uma ponte, e a coisa era tão miserável que os espingardados de ontem, o reelegeram depois. Povos e povos, mentes e mentes, agachamentos e agachamentos.
Lembro-me nas minha infância, de folhear alguns livros proíbidos, onde aprendi a conhecer, em todos os pormenores fisionómicos, as caras dessa malograda família. Muitas vezes as interroguei, como esfinges, mas as fotografias de outrora são exactamente isso, esfíngicas, e irremediavelmente mudas. Não por acaso, escolhi a de hoje, a da pose impenetrável de um grupo de gente bonita.
A História da Rússia é uma sucessão ininterrupta de crimes, nos quais se insere, às mil maravilhas, todo o rosário de desventuras da Famíla Romanov, mas eu vou abreviar, e vamos já voltar à noite do crime, que é uma banalidade que todos os dias hoje ouvimos na televisão: um bando de sicários, encarregados da negra tarefa, acordou uma família do Séc. XX, encostou-a a uma parede, e disparou, sem piedade. Entre eles, estavam vários jovens, um dos quais se chamava Alexei, e era doente crónico. Depois de cumprida a macabra tarefa, enterraram os corpos onde calhou, e vieram bramar para a História que a Tirania estava extinta.
Não estava: este acto foi apenas uma das Bucetas de Pandora de todo o Séc. XX: o pior estava ainda para vir, e ganhou corpo nos fácies de alguns dos maiores criminosos que o século passado produziu. Por pudor, não porei os seus nomes aqui.
Resta acrescentar que um dos mortos, o mais ilustre, se chamava Nicolau, e tinha a função, por direito divino, de ser Czar de Todas as Rússias. Desde então, as terras que governou tornaram-se no património do Czar de Todas as Mafias. Pelo meio, estão milhões e milhões de mortos, que não poderemos esquecer, e este é o sentido único, e subliminar, deste texto.
Que a Paz possa finalmente pairar sobre as suas e as nossas almas.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

não são "governo-sombra", são o TGV fantasma!

as palavras brancas da poesia concreta dos teclados



Só cá faltava este...



Discussão não pode ser feita "na base de palpites"Marcelo Rebelo de Sousa: Governo deve nomear comissão para debater nuclear

Já cá faltava este… então, o homem que passa a vida a dar palpites agora não quer palpites? E, vendo bem, o quê que ele está a fazer a não ser dar palpites? Ora, quem palpita que não se devem dar palpites, palpita-me que quer que os dêem em três meses, pois palpita-lhe, que os palpites deviam ser coligidos num livro branco, palpita-lhe, não que não pudesse ser amarelo, palpita-lhe ou verde ou azul, que era outro palpite.

Esteve muito mal: 5 Valores


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Romanov



Leya AQUI

TELEPHONE - Au coeur de la nuit - 1980



Paroles et Musique: Jean-Louis Aubert/Téléphone 1980 "Au coeur de la nuit"
Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Com Aimar, passava a vida a mamar...

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

SILLY SEASON

silly season de uma puta
Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Quem dá mais... Quem dá mais...

Hospital de Cascais



GRANDES NEGÓCIOS, GRANDES NEGOCIAÇÕES...


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas




Não há coisa mais visitada do que o exílio do Arrebenta, benzó-deus...


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Visite-o AQUI

Desenho grátis para a melhor T-Shirt do Verão...


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Não, queridos, a Lola não ardeu num vão de escada: está de férias, como é habitual, em Cancun, com o seu industrial do Norte, casado e pai de 3 filhos


Vai mas é 24 Anos

Fazes cá uma falta como a viola no enterro, vê mas é se te mudas para lá
de vez que o Zé Eduardo é um gajo porreiro e da tua laia...

Olha, Faz Boa Viagem...




Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Nababo Radioactivo



Já que gostas tanto vai para Chernobyl passar férias e
leva a família e os teus ilustres amigos...
era um favor que nos fazias!




Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Klee


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Diálogo do Vento e do Mar

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Abu Ghraib: Wellcome to all pleasures

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Guantanamo

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Segunda-Feira, os McCann serão informados sobre a versão final dada ao odor de cadáver pela Procuradoria-Geral da República. Cheira-me a Casa Pia...

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Ela Sabe


A Câmara Municipal de Lisboa prepara-se para dar a Casa dos Bicos a Saramago para ele lá colocar a sua biblioteca.
Isto é uma perfeita asneira como já se pode verificar pelo negócio que o Governo fez ao dar o Centro Cultural de Belém ao Berardo para ele lá guardar os seus quadros.

Acresce mais uma questão fundamental.
Se algum escritor tem direito á casa dos bicos, só há um nome que além da capacidade de escrita também tem capacidade técnica.
É a Margarida Rebelo Pinto.

Não deixe que este bico seja estragado.
Reclame.

Silly Season

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Bodas de Merda

Um casal de velhos sentados numa varanda.

Sente-se um terrível fedor de merda.

A velha olha para o velho e pergunta:

- Meu velho, fui eu ou foi tu que cagou nas calças?

O velho olha para ela e responde:

- Tanto faz, minha velha...

Silly Season: Duches da Câmara do Martim Moniz, a preto e branco




Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Silly Season

SILLY SEASON

2...SILLY SEASON...2

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Vai para a Europa ou para outro lado qualquer...


Porra! Estou farto deste gajo...


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Gabin no "la cage aux folles"

Visitas de Estado em tempo de férias


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Trust - Antisocial



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Oásis


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Pavana

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

terça-feira, 15 de julho de 2008

O fim à vista




Variação das acções BCP

Variação a 1 semana -15.04
Variação a 1 mes -36.28
Variação a 2 meses -39.60
Variação a 3 meses -46.68
Variação a 6 meses -60.71
Variação a 12 meses -73.54



Tem uns trocos nos bolsos?
Então aproveite para comprar umas acções do BCP que vão ser documentos históricos para emoldurar e mostrar aos seus netinhos que sim, é verdade, houve uma vez um Banco em Portugal que valia muito, muito, muito dinheiro e que depois já não valia nada.
Ou seja quem tinha um pedacinho do BCP há um ano hoje só tem uma mão cheia de problemas.
Se ainda por cima pediu crédito para se aventurar na Bolsa, pode já ir pensando numa maneira suave de se suicidar.
Ou então não seja tão dramático e peça um Subsídio de Rendimento Mínimo.
Assim como assim ele é dado a tanta gente.

Silly Season: Mobiliário Angolano







Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Uma barraca chamada Obama

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas











Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

"Pode-se passar o resto da vida a enganar um pequeno grupo,

assim como se pode enganar toda a gente, mas só durante um tempo limitado.

Impossível é estar a enganar toda a gente para sempre."

Meu querido lar


Meu querido lar é feio.
Meu querido lar é sujo.
Meu querido lar é a morte.
A morte é a esquizofrenia.
A esquizofrenia não precisa de nome.
Preciso encontrar meu eixo.
Preciso me livrar das drogas babacas.
Com orientação médica.
Ou médica legista.
Meu amigo é babaca.
Meu amigo é poeta.
Eu sou poeta e babaca,
Eu tenho enormes cabelos horríveis.
Ela é loira e tem um sorriso lindo
E namora com um cadete da aeronáutica.
Não sei se ouço "The Doors".
Não quero assistir "As Faces da Morte".
Não quero assistir "Aqui Agora".
Não quero ver televisão.
Não quero ser louco.
Quero transar com uma menina.
Ela tem mãos bonitas.
Quero vê-las, em meu pênis.
Ela tem uma vulva enorme.
Sua vulva tem muitos pelos.
Ela não vem para o Brasil.
Queria vê-la inteiramente nua.
Já vi seus seios.
Ela tem uma boca enorme.
Ela vai chupar meu pau.
Eu tomo comprimido para a psicose.
Eu faço psicoterapia.
Minha psicóloga disse que não sou louco.
Eu gosto de viver drogado.
Eu tenho dor de cérebro.
Meu cérebro quer explodir meu crânio.
Eu quero amar e ser amado.
Ela é tão infantil.
Ela é tão gostosa.
Ela tem cabelos lindos.
Fiz poemas para ela.
Vou bater punheta, pensando nela.
Eu sou galinha.
Eu quero amar e ser amado.
A poesia vai me curar, outra vez.
A poesia é vômito.
Que não tenha fim e eu me sinta bem.
Minha cara já é outra.
Me acho mais lindo ainda.
Tenho olhos azuis lindos.
Sou inteligente, até brilhante.
Eu gosto de estar feliz.
Eu queria que você passasse as férias no Brasil.
Eu queria ver e sentir seu corpo.
Eu queria que você não fosse tão infantil.
Tem muito espaço para zilhões de poemas.

"Silly Season"

SILLY SEASON

SILLY SEASON



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Estão cheios de azar porque não temos o Vídeo Porno da Britney Spears


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

É inadmissível a falta de condições…


O momento em que escrevo antecede, apenas em alguns minutos, o telefonema que vou fazer para a Câmara Municipal do sítio onde habito para que me venham servir a casa a refeição e já lhes perdoo o não me terem vindo trazer o pequeno-almoço, pois a culpa foi minha, já que devia saber que existiam esses serviços camarários. Como, para além disso, a casa onde habito é minha, não só a câmara não me subsidia nada como ainda tenho que lhe pagar e bem, quero o meu menu reforçado e ao meu gosto… Qualquer coisita de marisco, com um bom vinhito branco a acompanhar, se não estiver fresco volta para trás, e tem que ser servido às 13 horas TMG, uma vez que é a hora a que gosto de almoçar.
Quanto aos ciganos da Apelação, espero que sejam colocados na Quinta da Marinha, pedindo-lhes desculpa e paciência por o Estoril Éden, que vai nascer onde existia o antigo Estoril Sol, e do qual mostro um pormenor da maqueta num post mais em baixo. É inadmissível o que fizeram a essa gente, pelo que compete ao Estado a devida compensação. Os pretos logo se vê, mas não se preocupem que se há-de encontrar uma solução idêntica…Senhores governantes, o tempo urge, comecem a desalojarem a Quinta da Marinha ou outro local que eles escolham, para aí colocarem os pretos e ciganos que não conseguem viver num sítio onde vivem 2500 pessoas… Francamente, isso deve ter sido uma promessa eleitoral, cumpram-na.



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas





Sunshine


Pavana

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

rePRESAS onde?!

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



Com aquela carinha de santo, da fama já não se livra!


"VIGARISTA PERIGOSO

Com aquela carinha de santo, da fama já não se livra!

LUIS REPRESAS, conhecido cantor em Portugal, serve-se disso mesmo para dar cobertura a uma vida de vigarices, calotes e burlas.

Por isso mesmo e por ser uma figura querida da comunicação social, ninguém publica as desgraças que este senhor com o seu sócio Cajó e as suas empresas também feito a muita gente.

Sem saber da missa a metade, só quando da Expo98 com a abertura do Bugix, bar restaurante que esteve uns anos sempre cheio e que nunca ninguém percebeu porque fechou, o Bar Xafarix que também ninguém percebeu porque fechou e mais tarde ainda na Expo98 o Titanix que foi uma casa de utopia.

Pois este senhor praticamente nunca pagou rendas à Parque Expo que era o senhorio do Bugix e do Titanix e claro, foram uns milhares largos de contos que ficaram no bolso até que o obrigaram a fechar os estabelecimentos, mas pagar...

Depois foram inúmeros fornecedores de tudo e mais alguma coisa que ficaram a ver 'navios ' mas receber.....nada...

Pior ainda foi quando traiu a confiança de amigos, de longa data, que além de lhe fornecerem materiais diversos, principalmente bebidas, ainda lhe foram fiadores de letras para compra de material para equipar o restaurante e que como é óbvio o senhor Luís Represas nunca pagou e os fiadores tiveram que pagar que é para isso que eles existem...

Agora o grave e ao mesmo tempo caricato deste Luís Represas é que foi interpelado por um desses amigos a quem a divida ultrapassa os 30.000EUR (trinta mil euros) foi falar com o Luís Represas a pedir o dinheiro porque estava a passar necessidades e o Luís não temnecessidade de o fazer passar por isso ao que ele respondeu, pedindo desculpa, que o amigo tinha razão e tinham de combinar uma forma de pagamento rápida.

Pois é, a forma rápida de pagamento do vigarista Luís Represas foi ir à Policia Judiciária fazer queixa do amigo a quem ele deve dinheiro, (mas isso ele não disse à policia) dizendo que tinha sido ameaçada a sua integridade física e que lhe tentaram extorquir dinheiro. Escusado será dizer que o amigo do Luís Represas foi hoje à Judiciária ser constituído arguido por esta queixa e quase mal tratado pois tinha tratado mal o menino Luís.

A Policia não pode ter comportamentos diferentes antes de apurarem a verdade só porque o queixoso é conhecido... Investiguem.

Faço daqui um apelo para que não comprem nada deste energúmeno nem assistam a espectáculos dele. Estamos a alimentar um vigarista mafioso pelo que solicito a divulgação deste correio electrónico pelos vossos contactos...

Carla Esteves


Finibanco, S.A.


Tel.: 217923599 - Fax: 217902974"

Não sei a veracidade desta notícia, por isso peço que confirmem com essa senhora Carla Esteves!

Gaivota vermelha ajudada

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Faltava a razão científica para que os lampiões fossem beneficiados, mas cá está:

"Estudo
Árbitros podem favorecer atletas que vestem vermelho
Há muito tempo que claques rivais acusam os árbitros de favorecerem equipas como o Manchester United e o Liverpool. Agora parece que podem ter alguma razão de queixa - ambas as equipas usam equipamentos vermelhos e um novo estudo na Alemanha sugere que isso lhes pode uma vantagem nas decisões difíceis.

Investigadores da Universidade de Münster testaram a teoria de que os árbitros favorecem inconscientemente os atletas que vestem vermelho em árbitros de lutas de arte marcial como o taekwondo."


Falta acrescentar o Benfica também é e muito vezes levando ao colo, mas enfim… É algo cientifico!
O clube da gaivota… ups… da águia ainda tem a lata de ir para a UEFA e tribunal para ver se entra na Liga dos Campeões e se tal fizesse uma coisa interessante para ir à Liga dos Campeões – ganhar jogos no campeonato? Ah! Para o clube da gaivota é muito complicado!

segunda-feira, 14 de julho de 2008

14 Juillet

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Dedicado a Paulo Pedroso (o da Casa dos Érres), ao Presidente da Câmara do Martim Moniz, a todas as luminárias associadas que nos governam


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



Leya AQUI

Quase de Férias!!!!...


Imagem do KAOS

São antes de mais estes que me preocupam…


Trinta e cinco por cento dos portugueses pobres têm emprego


Estes relatórios que surgem amiúde no nosso país, revelam-nos quão mal tratamos os nossos concidadãos e dever-nos-iam fazer perceber que devem ser estes os alvos prioritários das políticas sociais. Sobretudo estes que trabalham, muitas vezes, duramente para apenas continuarem ser os pobres para quem ninguém liga, ninguém dá casas, subsídios e todas essas regalias, que nada exigem e que não têm carros caríssimos e dispendiosos estacionados à porta de casa como certos parasitas que andam para aí aos tiros. Limitam-se a ser pobres calados e trabalhadores, por isso ninguém os vê, ninguém se lembra deles para nada, a não ser que precise…

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

"The Braganza Mothers": hoje, a Islândia; amanhã, a Gronelândia :-)


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Corrosão

Sono. Foge de mim,
como amante volúvel
que não me ama,
quando mais necessito,
mas, às vezes, vem,
inesperadamente e é bem recebida.

O que faço
para que seja dedicado a mim?
Deverei presenteá-lo
com lençóis de seda,
repartidos com uma gatíssima?

Mas nem sei como
a gata estará sob meus lençóis.
Devo lapidar-me (ou brutalizar-me)
para que ela me ame,
mas, não sei como, não sei.

O não-saber
me dói. Estaca!
Afiadíssima, em minh`alma.

A Propósito do Post Tiros, Políticos e Verdades que ninguém quer dizer...



Respondendo ao Textusa:

Textusa disse...
Resumindo, se percebi bem:O Estado fazer-se respeitar.As maiorias ditarem as regras pelas quais todos devemos viver, incluíndo, obviamente, as minorias.A cinderela aceitar posar nua.
13 de Julho de 2008 23:40




quink644 disse...
Tens a particularidade de tentar simplificar demasiado as coisas, quando elas são tudo menos simples... Essa tua ideia, de que a maioria dita as regras às diversas minorias, aparentemente pode-te parecer que seja assim, mas esse problema já vem desde o séc.V a.c., com Sócrates, Platão, os Sofistas e a Democracia. Obviamente, como diria Platão, a Democracia é o regime em que os labrêgos governam, pois eles eram e serão sempre a maioria. Porém, este seu controle da situação é ilusório, como bem demonstrou o mesmo Platão, já que há minorias que pela sua capacidade de poder económico transformam o regime democrático numa plutocracia, acabando, no entanto, por ser sempre uma minoria a governar a maioria, que fica toda satisfeita por julgar que é ela que governa. Compreendes?



O mesmo se passa hoje em dia, há um conjunto de pequenas minorias, chamemos-lhe assim, que exercem o poder de facto, enquanto a maioria, o povão, exercendo-o de direito, nem sequer o cheira... O estado de coisas é, pois, o de uma verdadeira oligarquia, ou se preferires, um pequeno conjunto de oligarquias que pactuam umas com as outras para melhor manterem os seus privilégios para o que têm de controlar tudo e todos.Fui suficientemente claro?





Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Linda de Suza - "Ne pleure pas"

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Et vive la France!... Ti' António canta a "Mariazinha"

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Entre Sarkozy e Iluminismo

Banderas Animadas

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Et vive la France!...

Banderas Animadas

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Concièrges Portugaises

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Arquive-se...


Quase tudo o que poderia interessar em Portugal termina com um arquive-se... Para quê? Porque não substituir essa expressão por outra, sei lá: deite-se para o lixo, pegue-se fogo, mande-se para a reciclgem, etc. Este indivíduo, com a vidinha bem arrumada como o maninho, é um bom exemplo de Portugal e desta linda expressão: arquive-se... tal como se devem arquivar algumas conversas, como esta: http://videos.sapo.pt/aWCBzS2SIhahWzoftzgZ
É fartar vilanagem... Faz lembrar os desenhos animados...






Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Michaux


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

La Dive de l'"Empire" (?)

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Alba a longa


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

14 Juillet - Marsellaise

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

SILLY SEASON!!!!...


SILLY SEASON!!!!...



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

domingo, 13 de julho de 2008

Nelson Évora venceu não sei o quê (não, não é Futebol...). Parabéns, Nelson!!!...


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Foto de AQUI

Leya AQUI

O Velho The Braganza Mothers I continua a atrair multidões :-)


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Veja AQUI

Tudo bons rapazes


Num bairro social, onde pelas imagens é difícil encontrar um lugar vago para estacionar as carrinhas Ford Transit, um grupo de pretos atacou a tiro um grupo de ciganos.
Foi tudo filmado e transmitido em horário nobre pelas queridas televisões.
Parecia um filme “amaricano”.

De imediato os senhores políticos foram à televisão explicar que, acima de tudo, o que tínhamos visto não correspondia aquilo que devia ser visto e que se víssemos com muita atenção não havia nada para ver.
É como filme do “dá-me o telemóvel já”.

Por uma feliz coincidência acabo de ver o filme brasileiro “Tropa de Elite” que comprei numa feira numa banca de ciganos.
É excelente.
Dentro de dez anos pode fazer-se em Portugal.
Em determinado momento numa aula de uma universidade cara do Rio discute-se um trabalho de casa e uma das autoras de mesmo lê “o problema das favelas é que (eles) pela sua condição social são compelidos a cometer delitos”.
Os nossos melhores vultos da esquerda não desdenhariam assinar por baixo.

Por fim, sem surpresa nenhuma, soube que graças às leis socialistas que acreditam que não há bandidos e que só há jovens os dois fulanos que foram filmados a disparar em plena luz do dia foram mandados em paz pelo senhor juiz.
Motivo.
Não houve flagrante delito.

Miss Zimbabwé apoia Barack Obama



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Leya AQUI

Tiros, Políticos e Verdades que ninguém quer dizer…



Analisar acontecimentos e temas como os tiros do bairro não sei quantos e da habitação social é, politicamente, tão perigoso e escorregadio que, depois de se ouvir os políticos escutados sobre o assunto, é fácil perceber que ninguém quer tomar posições, propor soluções, nem falar muito. O motivo é muito simples: trata-se de um tema politicamente inconveniente em que qualquer posição tem custos óbvios. Assim, é preferível pôr cara de caso e falar sem dizer nada, aliás uma das especialidades dos verdadeiros políticos.
A questão é realmente complexa e talvez nunca se venha a conseguir resolver por completo, embora fosse muito mais importante canalizar as verbas dos TGVs, Aeroportos novos e outras parvoíces, para a tentar, e isso é possível, minimizar. É preciso coragem política, dinheiro e autoridade do estado e um conjunto severo de medidas, que até são fáceis de importar de outros países… Quanto aos sociólogos, esquerdistas militantes, defensores dos direitos humanos (como se o resto da população não o fosse), etc., teriam uma residência fixa num desses bairros à sua escolha e, lá, poderiam aplicar na prática e no seu habitat natural as suas ideias.
Algumas medidas parecem-me lógicas:
1ª Deportar para os países de origem, sem quaisquer delongas, todos os indivíduos, de nacionalidade estrangeira, inclusive os nascidos em Portugal, envolvidos em ilegalidades bem como os seus dependentes.
2ª Criar um banco de dados digital onde deveriam constar as impressões digitais e todos os dados biométricos considerados relevantes para futura identificação.
3ª Apenas aceitar a entrada de estrangeiros com trabalho e residência previamente asseguradas.
4ª Apenas conceder alojamento social a quem efectivamente o mereça, uma das curiosidades das imagens filmadas no tal bairro social é que grande parte dos automóveis que se vêem são melhores que o meu e do de muitos milhares de portugueses, que não têm qualquer apoio e vivem com a preocupação constante de pagar as prestações e os seus compromissos, logo, quem possui um bom e dispendioso automóvel é porque não necessita que os outros lhe paguem casa, rendimentos mínimos, subsídios e etc. e tal…
5ª Quem estragasse as residências e os bairros em que habita seria, pura e simplesmente, despejado; a sociedade tem o dever de ser solidária mas não tem de ser estupidamente tolerante.
6ª Chamada a intervir numa situação como a verificada, a polícia deveria intervir a tiro, abatendo quem fosse apanhado a disparar. Contra chumbo, chumbo e meio.
7ª Se, como diz um dos intervenientes entrevistado, as suas armas estavam legais, seria necessário saber e culpabilizar quem procedeu à sua legalização, já que a legislação não só é muito clara como muito restritiva.
8ª Os locais a alojar os bairros sociais devem, obviamente, ser dos mais económicos, uma vez que 1000 m2 com vista uma boa vista para o mar, podem chegar a valer o mesmo que 15 ou 20 000m2 localizados em zonas menos apetecíveis. Uma vez mais, a sociedade tem o dever de ser solidária mas tem, igualmente, que manter o respeito pelos interesses alheios. Por exemplo, quando há cerca de 3 anos tive de mudar de casa, porque a família cresceu, não pude ir viver, nem de perto nem de longe para onde queria, mas, tão só, para onde podia… Consultando vários anúncios, fui ver uma casa que me parecia em conta e, ao lá chegar, verifiquei que quase todas as casas, pequenas moradias e apartamentos estavam à venda… estranhei, dei mais uma volta e deparei-me com um bairro social com magnífico aspecto, tão bom que não me importava nada de ir para lá viver. Pois bem, um mês depois das casas terem sido entregues, parecia que se tinha entrado no Iraque… se as pessoas que para cá imigram, sejam quem forem, não têm os nossos padrões sociais, nem vontade de os ter, então devem voltar para onde vieram. Reparem no prejuízo que tiveram as pessoas que deram uma fortuna pelas suas casas e que, por instalarem na proximidade um bairro social com aquele tipo de gente, tiveram que as vender fosse a que preço fosse, só que ninguém já as queria… A não ser, familiares, amigos e sócios desses alojados sociais.
Tudo isto, pode custar muito ouvir, mas não é política social, mas anti-social; em primeiro lugar tem que se olhar aos que cá vivem, trabalham e batalham, muitas vezes arduamente, para conseguir sobreviver. Só depois, se sobrar alguma coisa, para os outros.



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

E o prémio da semana vai para o... IPHONE. Confesso que gostei... MUITO. Só falta escolher a melhor Música do Mundo para o preencer :-)


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

God, ontem, à saída da F.I.L., aviei um como este... Tinha a namorada à espera, como todos


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Cortesia "Sean Cody"